05/01/2021 às 13:32

Projeto Conexão Integral mobiliza escolas da autoria de Dourados

104
3min de leitura

As Escolas Antônia da Silveira Capilé, Menodora Fialho de Figueiredo e Professor Alício Araújo realizam ações e estratégias para auxiliar os estudantes em período remoto.

Campo Grande (MS) - Estudantes do Ensino Médio das Escolas Estaduais Antônia da Silveira Capilé, Menodora Fialho de Figueiredo e Professor Alício Araújo, escolas que ofertam ensino em tempo integral, inseridas no programa “Escola da Autoria”, todas de Dourados, desenvolveram, em conjunto, o Projeto Conexão Integral – Terceirões, focados no Enem e Vestibulares.

O ano de 2020 está marcado pelo surgimento do novo coronavírus. Em Mato Grosso do Sul, desde março as aulas presenciais na Rede Estadual de Educação estão suspensas.

Muitos estudantes matriculados em escolas de período integral estão adequando atividades remotas com atividades profissionais temporárias ou autônomas. A partir desse contexto, as escolas realizam ações e estratégias para auxiliar os estudantes em período remoto.

Alguns alunos estão angustiados e desmotivados a realizarem as atividades remotas. Diante disso, as equipes gestoras das três escolas integrais propuseram um projeto-ação que amenizasse a inquietação e desmotivação dos estudantes, fornecendo um processo de preparação e fortalecimento de redes de interação e aprendizado.

O projeto surgiu para que os jovens do terceiro ano pudessem criar mecanismos que ampliassem seus anseios, motivação e preparação para os processos seletivos Enem e vestibulares.

O Conexão Integral Terceirão tem a intenção de auxiliar estudantes do terceiro ano do ensino médio a dirimir os impactos da pandemia, fazê-los reagir aos desafios impostos pelo estudo remoto e ajudá-los a projetar os sonhos dos projetos de vida deles.

O processo de preparação para o ENEM e vestibulares normalmente se intensifica no ultimo ano do EM e como em 2020 não foi possível aulas presenciais e nem a realização do cursinho gratuito desenvolvido pelo Sindicato dos Professores da UFGD – ADUF Dourados, em parceira com as escolas Estaduais na realização do cursinho, o Sindicato foi convidado a participar do Conexão Integral de forma remota e com o apoio de outros professores voluntários, foi possível a realização de todos os encontros.

Objetivo é fazê-los reagir aos desafios impostos pelo estudo remoto e ajudá-los a projetar os sonhos dos projetos de vida.

Tais encontros foram transmitidos pelo Google Meet e abordaram as seguintes áreas de atuação: Matemática e suas tecnologias, Linguagens e suas tecnologias, Ciências da natureza, Ciências humanas e o fechamento com um desafio entre os alunos das três escolas.

A aula inaugural foi realizada no dia 24 de setembro. Os demais encontros aconteceram quinzenalmente, de setembro a dezembro de 2020, nas datas 23/09, 07/10, 21/10, 11/11, 25/11 e o encerramento no dia 09/12. Após as aulas, os alunos são mobilizados a desenvolver uma atividade de forma on-line ou impressa. O fechamento do projeto será com um simulado desafio preparatório para os estudantes.

As Equipes Gestoras das três escolas integrais esperam que esse projeto seja o início de ações interdisciplinares e de interação entre escolas de autoria da cidade de Dourados/MS.

Ficha técnica do Projeto:

Equipe de Gestores: Adriano Cosma Cabreira, Alaor Fonseca Filho,  Aline Midori Takahara,  Fátima Monteiro da Silva,  Marcos Falco de Lima e Marisa Pereira dos Santos;

Coordenadores pedagógicos: Nubea Rodrigues Xavier, Roney Salina de Souza e Selma Lima.

Instituições parceiras: Universidade Federal da Grande Dourados/UFGD; Associação de Docentes da UFGD/ADUF de Dourados/MS

Público-alvo: aproximadamente 86 alunos do terceiro ano do Ensino Médio das Escolas Estaduais Alício Araújo, Antonia da Silveira Capilé e Menodora Fialho de Figueiredo.

Publicado por: Adersino Valensoela Gomes Junior

05 Jan 2021

Projeto Conexão Integral mobiliza escolas da autoria de Dourados

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL
Logo do Whatsapp